Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SPORTING CLUBE COURENSE

85 ANOS - 1932/2017

SPORTING CLUBE COURENSE

85 ANOS - 1932/2017

Festa do futebol

INFANTIS RECEBERAM A TAÇA E MEDALHAS POR TEREM VENCIDO A SERIE C DA 2ª FASE.

 

 

 

 

(FOTOS: ALBERTO SILVA/RÁDIO VALDEVEZ)

 

JUNIORES...

Resultado final:

 

CERVEIRA 4 - S.C.COURENSE 1

INFANTIS...

Resultado Final:

 

BARROSELAS 1 - S.C.COURENSE 10

 

 

S.C.COURENSE VENCE A SERIE C DA 2ª FASE

PARABÉNS AOS MIUDOS E AO MISTER XAVIER, ELE MERECE!

BENJAMINS...

Resultado final:

 

S.C.COURENSE 1 - V. PIÃES 2

 

Arbitros...

 

 

 

JUNIORES:

 

CLAÚDIO SILVA

 


 

 

INFANTIS:

 

PEDRO PARENTE

 

 

 


 

BENJAMINS:

 

JOÃO QUESADO

 

 


Carta aberta de clubes

 

Ex.mo Sr. Presidente da A.F.V.C.                                             

 

 

A 26 de Maio de 2011, pelas 21:30, reuniram no Posto de Turismo de Arcos de Valdevez, pelas 21:30, representantes dos 7 Clubes classificados em 1.º Lugar, na 1.ª Fase do Campeonato Distrital (Benjamins e Infantis).

 

  1. De acordo com o calendário geral de provas, por vós definidos no início da época 2010/2011, as 2 equipas primeiras classificadas da 1.ª Fase de Infantis seriam agrupadas numa série única e as restantes em 4 séries de 9 equipas, que disputariam uma 2.º Fase a uma volta.
  2. Como é sabido as regras do jogo são sempre definidas antes do seu início. Não foi isso que aconteceu. Subverteram as regras do jogo alterando-as ao longo do mesmo (o que no extremo poderá levar à impugnação do Campeonato). Qualquer deliberação (ou sugestão) nunca poderia vigorar na época em curso, mas a partir da seguinte.
  3. Mais, foi assumido por V. Ex.ª, aquando da realização da 2.ª Fase do sorteio, que não haveria prémios para os CAMPEÕES da 2.ª Fase (8 jogos), mas sim, par os vencedores da 1.ª (20 jogos)
  4. O Vosso Comunicado Oficial n.º 94, de 20 de Maio de 2011, ao só pretender atribuir prémios aos vencedores da 2.ª Fase (mesmo que tenham perdido os 20 jogos da 1.ª Fase), veio (des)esclarecer muitos Clubes, Dirigentes, Treinadores e, sobretudo os ATLETAS. 
  5. Pelas razões aqui invocadas, e que nos assistem, a BEM DA FORMAÇÃO E PARA NÃO DEFRAUDAR OS MIÚDOS (com ou sem CAMPEÕES), seria, no mínimo sensato atribuir prémios a todas as equipas classificadas em 1.º Lugar, na 1.ª e 2.ª Fases.

 

Em prol da verdade desportiva e da pedagogia do mérito!

 

Respeitosamente,

 

S.C. Courense, A.D. Darquense, Lança Talento, A.D. Limianos, A.R.C. Paçô, A.D. Perre e Perspectiva em Jogo.

 

Carta

Carta Aberta de Protesto

 

Ex.mo Presidente da Associação de Futebol de Viana do Castelo

 

A 26 de Maio 2011, reuniram em Arcos de Valdevez vários clubes filiados na AFVC, tendo em conta uma tomada de posição pública em relação ao V.º Comunicado Oficial N.º 94, datado de 20 de Maio 2011, que serve de esclarecimento quanto aos Campeonatos Distritais de Futebol de Sete, nomeadamente Juniores D e E, época de 2010/2011.

 

Ao contrário daquilo que estava originalmente definido pela AFVC, que dizia que "os únicos premiados seriam os vencedores de série da 1ª fase", não obstante o facto de já haver calendarizada previamente uma 2ª fase e apesar de ter sido testemunhado as declarações do Presidente da Associação de Futebol de Viana do Castelo, que afirmavam exactamente essa mesma intenção de premiar os vencedores de série da 1ª fase, foram alteradas a regras da prova durante o seu decorrer ao longo desta época, facto que também motiva esta Carta Aberta de Protesto.

 

Protestamos, assim, porque as interjeições dessas alterações põem em causa a verdade desportiva do mérito da prova e o seu valor pedagógico de premiar o esforço colectivo na prática do futebol como equipa, esse mesmo prémio deve ser atribuído a quem tem direito por o ter conquistado - e isso é formação, aliás, é o reconhecimento do esforço e o prémio de uma formação com sucesso, consequentemente materializada sob forma de faixa, taça e medalha.

 

Por essas razões aqui invocadas, protestamos o sucedido e sugerimos o seguinte:

Que se honre o que tinha ficado estipulado inicialmente antes das alterações ad hoc introduzidas pela AFVC.

E que se premeie os vencedores da 2ª fase dos Campeonatos Distritais de Futebol de Sete, nomeadamente Juniores D e E, época de 2010/2011, sem prejuízo para os vencedores de série da 1ª fase, que devem ser igualmente premiados, de acordo com o originalmente estipulado.

 

Em prol da verdade desportiva e da pedagogia do mérito.

 

 

Atenciosamente.

 

Paredes de Coura, 27 de Maio de 2011

 

O Presidente do Sporting Clube Courense

António Manuel Loureiro Gonçalves

SÁBADO 28/05/2011

VENHA APOIAR OS NOSSO CAMPEÕES NO ÚLTIMO JOGO OFICIAL DA ÉPOCA...

ELES MERECEM

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS

 

FUTEBOL DE 7  

  

  

   TORNEIO EXTRAORDINÁRIO DE BENJAMINS

  

  

 

 

 

 

 

 

 

S.C.COURENSE

 

 

V. PIÃES

 

 

 

SÁBADO 10.00 HORAS

ESTÁDIO DO S.C.COURENSE

 

Mais uma...

Publicamos de seguida uma circular enviada pela A.F.V.C...

 

Aqui se prova muito de que defendemos e que as coisas foram alteradas se calhar à pressa, esquecendo-se promenores como a possibilidade de empate nesta 2ª fase, terminando a mesma um dia antes da atribuição de prémios...que agora são para esta fase...mas ao fazer os calendários ninguem pensou? Ou será que não era para ser assim?

 


 

CIRCULAR

Época de 2010/2011 N.º 01

Para conhecimento dos Clubes filiados, Órgãos de Comunicação Social e demais interessados,

comunica-se o seguinte:

DESEMPATES FUTEBOL DE SETE

INFANTIS e BENJAMINS

Estando a disputar-se a Fase Final dos Campeonatos Distritais de Futebol de Sete Infantis e

Benjamins, com razoável probabilidade de algumas equipas terminarem a prova empatadas,

permitimo-nos recordar todos os interessados das disposições constantes do artigo 103.2 do

Regulamento de Provas Oficiais da A.F.V.C.:

Artigo 103.02 – Para estabelecimento da classificação geral dos Clubes que, no final das fases

ou provas em poule, se encontrem com igual número de pontos, ter-se-ão em conta, para o

efeito de desempate, as seguintes disposições, segundo a ordem de prioridade:

1. – Pelo número de pontos alcançados pelos Clubes empatados, no jogo ou jogos que

entre si realizaram;

2. – Se o empate subsistir, recorrer-se-á à maior diferença entre o número de golos

marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes empatados, nos jogos que

entre si realizaram.

3. – Se ainda se registar empate, e só entre duas equipas, realizar-se-á um jogo de

competência, entre elas, em campo neutro.

Nestes termos, caso se torne necessário realizar jogo de desempate, para apurar o vencedor

de qualquer das competições, o que ocorrerá obrigatoriamente em data posterior à realização

da festa de encerramento, essas equipas receberão os respectivos troféus no próprio dia do

jogo.

Viana do Castelo, 2011.05.24

A DIRECÇÃO DA A.F.V.C.

 

Pág. 1/4